Sem categoria

Polícia desarticula grupo suspeito de sonegar mais de R$ 100 milhões em Goiás

A Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT) cumpriu, na manhã desta terça-feira (23/2), 20 mandados de busca e apreensão e 12 mandados de prisão temporária. A ação faz parte da Operação Último Drink, que investiga uma associação criminosa suspeita de sonegação fiscal e de falsificação.

Os investigados, entre eles empresários e contadores, são suspeitos de usar esquemas de fachada, os vulgos “laranjas”, para sonegar e ostentar uma vida de luxo.

O prejuízo aos cofres públicos causado pelos suspeitos é estimado em mais de R$ 100 milhões. Esta é a maior operação já realizada pela DOT e contou com o apoio da Secretaria de Estado da Economia. 

Fonte: A Redação

Foto: Polícia Civil de Goiás